Advertisements

Sobre mulheres e skates…

Engana-se quem desdenha dos e-readers, achando que eles vieram ao mundo para substituir os livros.

Desde que comprei o meu, em Outubro, já li quase 10 livros!!! Para algumas pessoas pode ser pouco, mas para pessoas como eu que só têm tempo para ler no transporte público, e em casa aos finais de semana e feriados, este número é bem satisfatório.

Capturar

Kindle da Amazon

Quando comprei o meu e-reader (kindle) não achei que fosse aumentar tanto assim a minha frequência de leitura, e eu explico as razões:

1º os livros SÃO MUITO MAIS BARATOS
Sim, é ridículo comprar um livro na livraria por R$ 45,00, e depois encontrar a sua versão digital por R$ 9,90. Sei muito bem todas as razões pela diferença de valor, mas não tem comparação, às vezes a versão digital é menos que a metade do preço do livro físico.

2º muito mais fácil encontrar alguns títulos
Dependendo de qual e-reader você comprar (creio que os mais conhecidos são: o Lev – Saraiva, o Kindle – Amazon, e o Kobo – Livraria Cultura), vai notar como é maravilhoso o acervo das livrarias. Às vezes você quer muito ler um livro X que não está mais sendo impresso, e isso é realmente terrível. Mas devido ao fato da facilidade em distribuir livros digitais, com um e-reader suas chances de encontrar aquele título que você procurava há anos aumenta muuuuuito mais.

3º facilidade para comprar o livro que eu quero
Quem é que nunca perdeu a paciência procurando livro em prateleira de livraria? Eu sempre. Não estou dizendo que ir à livraria é chato, ou que os vendedores são chatos. Mas devido à minha falta de tempo, não curto passar horas buscando um título na livraria, ou ir até lá linda e alegre, e ser recebida com um: não temos esse nessa loja, se você quiser encomendar, chega entre 5 e 10 dias ou está esgotado na editora, mas posso anotar seu interesse. Perco meu tempo, e volto para casa frustrada. Pelo e-reader você digita o nome do livro que tem interesse, lê os comentários de quem já leu (caso você tenha interesse), e PAM! Compra o livro! Rápido, fácil e indolor!

Estes são apenas os três principais motivos, os mais importantes para mim. Claro que existe o fato de um e-reader ser beeeeem mais leve que um livro físico, o que facilita para quem vai carregar na bolsa ou numa viagem, por exemplo. E uma coisa que eu só para para analisar depois que entrei nesse mundo, quando um livro termina, você já pode iniciar outro, afinal de contas, você já está com ele ali (se você tiver comprado né). Quem tem o costume de acompanhar histórias divididas em volumes (um salve para GoT!), pode tirar um proveito maior dessa facilidade.

Gente, o e-reader não veio para substituir o livro físico, assim como o rádio não foi substituído pela tv, que por sua vez não foi substituída pela youtube e blá blá blá. São coisas diferentes, feitas para facilitarem a nossa vida. O fato de você ter um e-reader não quer dizer que nunca mais na sua vida você vá comprar um livro, muito pelo contrário, livros físicos ganharam até um charme depois do e-readers, mais ou menos como o vinil, depois do cd.

Minha mensagem final é: dê uma chance aos e-readers.

Dê uma chance à um e-reader

Loja dos Ratos de Porão

Hoje vi na página do Ratos de Porão no facebook, a informação de que eles abriram uma loja física (já vendiam produtos pelo site da banda).

1509693_650115525056508_1403823782_n

Ratos de Porão

Segundo as informações do facebook na loja tem: discos (novos, usados, fora de catálago e raros). Os estilos vão de New Wave à Punk, passando por Metal e Classic Rock.

Além dos Lps podemos encontrar na loja camisetas, merchandising do #panelaço, #tikinervioso #ratosdeporão e #hermeserenato, e bonecos (bonecos colecionáveis, não brinquedos de criança).

Quem tiver dotes culinários (ou não), encontra na loja comida vegana, aquela pimenta que o João Gordo sempre fala no #panelaço, a SRIRACHA (que é muito boa aliás), e os temperos que o João já vendia pela loja virtual (agora é melhor porque não  temprazo de entrega).

Vai lá conhecer!

Galeria de Arte Centro Cultural – Rua Conselheiro Carrão, 451 (esquina com 13 de maio) – Bixiga – aberta das 10 às 20h.